ARTURO GAMERO

 
 

ARTURO GAMERO 
1980. Santo André, São Paulo, Brasil

A prática artística de Arturo Gamero fundamenta seu interesse na crueza presente no ato de desenhar, que confronta estrutura, gesto e forma. Suas investigações a respeito do corpo e do signo linguístico se manifestam em diferentes suportes, como a gravura, o desenho e a escultura, que eventualmente se compõem em instalações. 

Na exposição individual intitulada Primeiro Ato, realizada na Oficina Cultural Oswald de Andrade em 2016, Gamero apresenta 60 obras, resultado de sua residência artística no Instituto Acácia (SP), no ano anterior. 

Participa da exposição coletiva Entre um Passo e Outro, realizada na Galeria Eduardo Fernandes em 2017. No mesmo ano, vence a 25ª edição do Projeto Nascente – Artes Visuais, organizado pela Universidade de São Paulo (USP). Em 2018 a Galeria Eduardo Fernandes realiza Como Tatuar um Espírito, sua primeira mostra individual.

Expõs em São Paulo no Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP), no SESC-Pinheiros e na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Também suas obras puderam ser apreciadas no Museu de Arte de Ribeirão Preto-MARP.

Formado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP) em 2013, obtém título de mestre em Poéticas Visuais pela Escola de Comunicações e Arte (ECA-USP) em 2017, orientado pelo reconhecido gravurista Cláudio Mubarac. Publica FAVOS, livro de sua autoria com poesia em prosa, pela Editora Lumme em 2013.

 
 

EXPOSIÇÕES

 
 

NOTÍCIAS