A CERTEZA ESTÁ IN - FERNANDO ARIAS

25.08.16 a 02.10.16 - Fernando Arias - A Certeza Está In


A frase "O que fazemos com Incerteza?" recebe os visitantes na entrada para a Galeria Eduardo Fernandes em São Paulo. Mármore esculpido a mão, o estilo de pedra e escrita estão associados com luxo e morte. No salão principal encontra-se uma confortável rede, para que os visitantes possam relaxar, contemplar a questão e assistir o filme “LIA” de Arias. A exposição decorre de um dos interesses do artista, destacando-se das pressões de produtividade, a fim de sobreviver no mundo capitalista. Por quase 20 anos Arias passou seu tempo entre Londres, Bogotá e Chocó, uma remota floresta Colombiana banhada pelo Pacífico. Através de sua fundação, Más Arte Más Acción ele convidou artistas e escritores a vivenciar novas perspectivas sobre os desafios globais através de uma reflexão crítica. Os participantes ficam em um simples abrigo na floresta tropical, projetado pelo artista holandês Joep van Lieshout em 2011. Quando Arias encontrou a coreógrafa brasileira Lia Rodrigues em 2014 ele a convidou para Chocó. Com o apoio do Instituto Goethe Lia viajou para lá no ano seguinte. Arias se juntou a ela no final da sua visita e dirigiu o filme LIA. Ao longo de cenas abstratas e desfocadas retiradas da natureza, ecoa a voz de Lia descrevendo seus sentimentos sobre a importância de passar um tempo fora de seu trabalho como coreógrafa em uma das favelas do Rio de Janeiro. A trilha sonora é do artista brasileiro Dudu Tsuda, e traz a mensagem de Lia sobre encontrar tempo para "preguiça criativa”, para a vida. Na sua perspectiva, vemos como a incerteza é parte do ser humano e temos de aprender a viver com ela. "Incerteza" é o tema deste ano da Bienal de São Paulo. Referindo-se a "incerteza" também em sua exposição, que coincide com a Bienal, Arias inclui uma rede para simbolizar a cultura latina passiva que dorme afastando incertezas. Em caso de dúvida, rastejar sob as tampas de cama ou escorregar para a rede. (If in doubt, crawl under the bed covers or slip into the hammock.) Logo após esta exposição, Arias vai passar um mês na residência artística VILA SUL do Instituto Goethe, em Salvador, Bahia. Ele aceitou sem saber o que ia fazer lá, além de passar um mês contemplando o que a humanidade deve fazer em relação a uma série de problemas - incluindo toda essa incerteza. No fim da residência, Arias passará por São Paulo para compartilhar a experiência dele trazendo os resultados dessa contemplação.