O lugar que nos observa - Exposição coletiva

“Experimentar o tempo, através da criação de um lugar que acontece na projeção do imaginário humano em contato com a própria natureza“.

Reflexão entre amigos

Depois de alguns meses tensos em constante contato urbano e com o meu mental, me retirei para o campo...

Ao retornar ao meu lugar de origem, percebi que meu corpo estava totalmente relaxado e agradecido.

Como em um “click” de uma maquina fotográfica, percebi que nos últimos meses estava sendo convidado, através das obras que apresentamos nessa exposição, a esses lugares que tanto me fazem bem.

Eduardo Fernandes

A obra de 1957 de José Pancetti foi a "pedra angular" dessa construção, que chamamos de exposição, onde esse modernista nos convida a uma simplicidade genuína.

O olhar delicado e minucioso, nas gravuras em metal, da natureza tropical de Arturo Gamero nos abraça.

O mergulho na Cachoeira exuberante de Claudia Melli nos permite lavar de nossos pesos.

A obra tridimensional de Daisy Xavier nos coloca atentos a delicada arquitetura da nossa natureza.

Os pequenos formatos de Mauricio Parra nos capturam a lugares enormemente profundos.

A paisagem em movimento de Newman Schutze narram varias historias.

A pintura de Sergio Lucena, nos joga ao infinito de nossa grande luz.

Eduardo Fernandes