XENON - MIKHAIL KARIKIS

28.03.12 a 29.04.12 - Xenon | Mikhail Karikis
Galeria Eduardo Fernandes
 

A Galeria Eduardo Fernandes apresenta Xenon, exposição individual do artista grego Mikhail Karikis, de 29 de março a 28 de abril. A exposição Xenon exibe o filme homônimo, produzido por Mikhail Karikis com a colaboração do cineasta David Bickerstaff, stillsfotográficos e performance.

Xenon é uma alegoria política baseada em uma ópera de arte performática. O filme trata uma narrativa abstrata na qual sete personagens, que trabalham num escritório austero, tentam superar a rotina opressiva e uma autoridade onipresente, entrando em um espaço de sonho para batalhar contra a frustração, a censura, as aspirações e o fracasso. A rotina sombria do escritório contrasta com fantasias surreais, onde cada personagem procura a sua voz, dignidade e direitos humanos.

Mikhail Karikis reside em Londres, estudou arquitetura no University College of London e completou mestrado e doutorado na Escola de Belas Artes Slade em Londres. Participou na 54ª Bienal de Veneza em 2011 e na 3ª Bienal de Salónica em 2011, na Grécia. Realizou projetos e participou em exposições coletivas:  Coréia do SulSuíça e Reino Unido.

Os projetos de Karikis incluem pesquisas musicais com a execução das seguintes peças: Xenofobia (2012) e Orphica (2007) com a discográfica Sub Rosa, Morphica (2009) nomeada para a Prémio de Música Eletrónica Qwartz 2010, França, e trabalhou em compilações como Army of Mixes da Björk (One Little Indian, 2005), Sound Unbound  do DJ Spooky e juntamente com Aphex Twin e Steve Reich (MIT Press, 2007).

Na sua estadia no Brasil fará uma palestra intitulada A Voz em um Contexto: Som, Performance e Prática de Arte Política no dia 28 de Março, às 12h30, no Auditório Lupe Cotrim da ECA, USP.

Eduardo Fernandes