LUZ LIZARAZO

 
 

LUZ LIZARAZO 
1966. Bogotá, Colômbia


A reflexão sobre a fragilidade, interações com espaços públicos, a alteridade e a dicotomia público-privado estão no centro da poética da artista Luz Lizarazo. Na mostra individual intitulada Y, realizada na Galeria Eduardo Fernandes em 2014, a artista reproduz e utiliza o osso da sorte em formato de estilingue, próprio das aves – a fúrcula – como elemento modular para construir um tecido escultórico, frágil e poético, em uma das paredes do espaço expositivo. A galeria também apresentou seus trabalhos na individual Pielem 2017, e na coletiva Hecho en Colombia, com curadoria de Ricardo Resende, realizada em 2015.

Em sua trajetória Luz Lizarazo expõe em vários museus e instituições como o MCO Arte Contemporâneo na cidade do Porto; Museo de la Universidad de Antioquia, em Medellín; Museo de Arte Moderna de Bogotá-MAMBO; Museo do Vidro em Shangai; Fundação Gilberto Alzate Avendaño em Bogotá; Casa de América em Madri; Centro de Cultura de Espanha em Cartagena das Índias; Centro Gallego de Arte Contemporáneo em Santiago de Compostela; Museo de Arte Moderno de Barranquilla; Museo de Arte Moderno de Cali; e Museo de Arte Moderno de Cartagena. Participa da XI Bienal de Pamplona, na Espanha, e da 1ª Bienal de Casablanca no Marrocos.

Seus trabalhos fazem parte das coleções do Museo de Arte Moderna de Bogotá-MAMBO, Museo de Bellas Artes na Venezuela, Fundação Caja Madrid, Centro Gallego de Arte Contemporáneo em Santiago de Compostela, do Instituto Figueiredo Ferraz em São Paulo, entre outras. Luz Lizarazo é formada em Artes pela Universidad de Los Andes e pela Escola de Belas Artes de Paris. Participa de residência artística em Ifitry no Marrocos e obtém menção honrosa na II Bienal de Santa Fe em Bogotá.

 
 

EXPOSIÇÕES

 
 

NOTÍCIAS