NIURA BELLAVINHA

NIURA BELLAVINHA, Belo Horizonte, 1962. Vive entre o Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Bacharel em artes pela Escola Guignard, da Universidade do Estado de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Especializou-se em pintura, escultura e litografia e graduou-se em pintura entre 1983 e 1987. Entre 1982 e 1984, estudou com Amilcar de Castro no Núcleo Avançado de Artes. Frequentou, também, oficinas de gravura e estudou filosofia, antropologia e estética na Universidade Federal de Minas Gerais. No ano de 1985, transferiu-se para o exterior, onde fez residências e vários cursos em Madri e Londres, visitando oficinas e ateliês. Em seguida, frequentou a Parsons The New School for Art Design, em Nova York. Após retornar ao Brasil, já em 1989, foi orientada por lberê Camargo em São Paulo e Porto Alegre. No início dos anos de 1990, realizou residência por dois anos no Centro Cultural da Universidade Federal de Minas Gerais. Em 1999, frequentou o curso de doutorado em escultura e arte moderna na PUC-RJ, ministrado por Ronaldo Brito, e, paralelamente, participou de um grupo de estudos sobre artistas brasileiros, também orientado por Brito. No mesmo período, estudou história da arte e história da crítica de arte com Paulo Sérgio Duarte na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro. Em 2003, ministrou workshop paralelo ao work in progress da mostra individual Sabará-Mangueira, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Entre 1994 e 1996, a convite da Escola Guignard ministrou curso de pintura. A partir do início da década de 1990, realizou diversas exposições. Em seu vasto currículo, destacam-se as seguintes mostras internacionais: Biwako Biennale (2010/ 2014); 1a Bienal do Mercosul (1997); 5a Bienal do Mercosul (2005); Bienal Internacional de São Paulo (1985 e 1994); e Bienal de Cuenca (1995). Recebeu vários prêmios em salões nacionais de artes.
 

Currículo

 

EXPOSIÇÕES

Eduardo Fernandes